Saiba como avaliar um imóvel.

Muitas pessoas perdem dinheiro em uma negociação imobiliária. Seja para comprar, alugar ou vender um imóvel, elas ficam em dúvida se o valor do bem está mensurado corretamente. Mesmo depois de terem fechado uma negociação ainda continuam sem saber realmente se fizeram um bom ou mau negócio e demoram um longo tempo para perceberem que podiam ter se saído melhor.

O problema é que a maioria das pessoas estima o valor do bem apenas observando um ou dois anúncios de imóveis similares, pelo preço de compra ou venda informado por um vizinho, ou por uma estimativa inicial superficial dada por algum corretor.

Então, quando se chega para realmente fechar um negócio, os interessados podem destoar bastante a respeito do valor do bem.

O problema de se avaliar um imóvel superficialmente ainda pode trazer complicações e prejuízos maiores nos casos que implicam processos judiciais ou acordos extra judiciais como nos divórcios, heranças, reavaliações ou garantias para financiamento. Nesses casos pode se tornar difícil para as partes entrarem em acordo sobre o valor do bem apenas com uma simples estimativa de valor pela comparação de preços de imóveis similares anunciados. É comum que as pessoas errem na precificação do seu bem e enfrentem problemas em várias situações como nos casos de um banco financiando um imóvel, irmãos na partilha de um bem, no recálculo de impostos como ITBI ou IPTU, ou um casal em separação judicial.

Muitas vezes o valor do imóvel aferido por financiadoras ou por uma das partes em um processo judicial acaba sendo incompatível com os valores estimados de forma superficial. Esse problema de incompatibilidade de valores acontece porque as instituições financeiras fazem suas próprias avaliações imobiliárias e os tribunais do país não aceitam apenas um comparativo de preços de imóveis similares como prova e exigem um laudo de avaliação mercadológico como evidência para resolução de um litígio caso as partes não cheguem a um acordo.

Sem dúvidas, a maneira mais precisa de se ter certeza sobre o valor de um bem é a contratação de um Laudo Técnico de Avaliação Mercadológica de Imóveis que só pode ser emitido por profissionais especializados e capacitados os Corretores de Imóveis credenciados no CNAI – Cadastro Nacional de Avaliadores de Imóveis. Para Localize o " Leveguen" .  De qualquer forma explicamos mais a frente como avaliar um imóvel para que se tenha uma referencia de comparação ao receber uma estimativa ou para quem está em uma negociação amigável.

Enquanto algumas pessoas estão em uma fase inicial de sondagem do mercado e querem apenas ter uma noção de preço do imóvel, outras pessoas já possuem uma necessidade mais urgente do valor exato do imóvel para sua negociação.

É o caso de quem precisa de uma precificação que sirva de contraponto em um processo judicial, para avaliação patrimonial, como uma segunda opinião em uma negociação com uma financiadora ou um banco, ou ainda o valor real do bem para resolução de conflitos de diversas naturezas. E essas com certeza, terão a necessidade de uma avaliação mais apurada realizada por um profissional habilitado a emitir um Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica do Imóvel.

Você verá mais a frente no artigo como avaliar um imóvel seguindo procedimentos e métodos utilizado por profissionais avaliadores de imóveis. Pode ser útil tanto para quem deseja apenas ter uma noção de valor mais apurada do seu bem tanto para quem precisa avançar em uma negociação amigável ou questionar o valor proposto para um bem. Mas antes vale ressaltar o porque das estimativas simples não funcionarem.





***   Nomeado na   9ª Vara cível do Forum  João Mendes - SP , PERITO JUDICIAL IMOBILIÁRIO  em abril de 2.018

***   Nomeado na 13ª Vara cível do Forum  João Mendes - SP , PERITO JUDICIAL IMOBILIÁRIO  em junho de 2.018